Este post CONTÉM SPOILERS da primeira temporada de Pretty Little Liars.

Pretty Little Liars é aquele típico seriado adolescente que você fica preso e no final da temporada não entende como pôde perder tanto tempo assim para não se contentar com o final.

Ao assistir o início da primeira temporada, a Aria torna-se a personagem principal, porém com o decorrer da mesma percebemos que as quatro (Aria, Spencer, Hannah e Emily) são igualmente importantes.

O ar de mistério da série e a curiosidade de saber quem está por trás das mensagens, a famosa “A”, toma conta de nós e é possível devorar a série em apenas alguns dias, porém, como esperado, a identidade de A não é revelada no fim da temporada e você percebe que todas as pistas que as meninas e que você estava juntando em sua cabeça, na verdade, não levam a absolutamente nada.

Os relacionamentos das meninas tornam-se problemáticos devido a diversos acontecimentos atuais e do passado e, claro, com as ameaças de A. Aria que, por sua vez, namora um professor tem que ser ainda mais cuidadosa. Alguns personagens secundários como os ex-namorados/ex-ficantes de Spencer se perdem na história e nunca mais ouvimos falar deles.

O figurino, por sua vez, é ótimo e ouso fazer a comparação da série com o filme “Eu sei o que vocês fizeram no verão passado“, onde os personagens também são ameaçados por um personagem secreto.

Uma vez comentei que não sabia se tinha amado ou odiado esse seriado e continuo com esse pensamento. Você se surpreende e se frustra com muita coisa ao mesmo tempo, principalmente com a season finale.